sábado, 7 de novembro de 2015



novembro chuvoso:
que dó ver murchar tão cedo
a flor da açucena

regina ragazzi

sábado, 25 de julho de 2015

As flores miudinhas
nos cabelos da ripsális:
Que delicadeza!

Visita ao jardim:
um filhote de sanhaço,
desacompanhado...

O vaivém da chuva
na noite fria de julho:
Pingos na vidraça

Um trio de flores
enfeitam o galho de orquídea:
Roxo da saudade

Pequenos detalhes:
sobre a pia da cozinha
um vaso de violetas


terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Haikais

Ah!Que descoberta!
uma pequenina flor,
e outra depois dessa!

O riso da criança:
as nuvens escondem o sol
mas há luz no dia

Noite enluarada:
os olhos vítreos do peixe
na ponta do anzol 

O trem na estação:
na poltrona número um
a flor esquecida


Observar a noite
quando tudo se aquieta:
Muitas descobertas!

Cessa o temporal:
o ar fresco da madrugada
me deixa acordada

Resquícios de chuva:
uma gota na vidrada
devagar, escorre

Um pingo de chuva
faz barulho no telhado:
Caiu atrasado!!!

Agora as estrelas
mais tarde, quem sabe?
Um dia de sol?






























Haikais

Estrelas à noite 
e pássaros pela manhã:
Contemplação!!

Uma  flor de antúrio
desabrocha lentamente:
Meu neto chegando

Luminosidade:
gotículas cristalinas
banhadas de sol

Essas maritacas
são mesmo muito engraçadas:
Meu tempo de escola

Que surpresa boa!
um pássaro visitante
explora o terreiro




quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Haikais

S.O.S chuva!!
desbotam dentro dos vasos
as flores de plástico

Ohhh vida difícil!!
até a tartaruga n'água
anda mais cansada

Madrugada insone:
nem o galo do vizinho
consegue dormir

Nem c'esse calor!!!
estridentes maritacas,
não fecham a matraca

regina ragazzi










domingo, 11 de janeiro de 2015

Haikais

Ao pé da montanha
vestígios de um sol que vai:
Passa o trem das sete

Bom mesmo seria
pegar carona em tuas asas!!
O voo da águia

Bonito de ver:
diferentes tons de azuis
no céu que anoitece

Mas que privilégio!!
nasceu a primeira estrela
diante dos meus olhos

Domem os passarinhos
nas árvores, em seus ninhos-
...até que amanheça...




sábado, 10 de janeiro de 2015

Haikais

Efemeridade:
se desfaz na imensidão
um fiapo de nuvem

Lá longe, bem loongeee..
um pássaro sobrevoa
a mata fechada

Tarde preguiçosa:
badala o sino-dos-ventos
p'ra quebrar o silêncio

Sombra na varanda:
na folha da samambaia
uma nesga de sol

Ah.. quantas saudades
nesse roxo da violeta!!
e esse imenso azul...

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Haikais

Brisa da manhã:
Um colorido de flores
enfeita a janela

Ah... mas como é lindo!!
O bico do beijá- flor
nas flores do hibisco

Derramam- se em flores
as vermelhas columéias:
Estação: Verão!!

Hora do arrebol:
O dourado girassol
à sombra da tarde

Silêncio na casa:
Sobre a mesa da sala
um vaso de orquídeas

É madrugada...
O perfume inebriante
da dama-da-noite

regina ragazzi

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Haikai

A menina e os cães
correm pelo acimentado:
Três crianças brincam...

regina ragazzi